Como posso convencer a minha mãe de que ela não é um fardo? PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

Billy Graham


Pergunta:
A minha mãe está com 90 e muitos anos de idade, não tem a saúde muito boa, e pergunta-me permanentemente porque é que Deus a mantém cá, e não a leva para o céu. Ela sente-se como um fardo para nós, e de qualquer modo, ela deseja juntar-se ao marido. O que lhe posso dizer? – Srª Y.M.     

Resposta: Certamente que uma coisa que ela precisa de ouvir de si é que a ama, e que ela não é nenhum fardo, mas uma bênção para si. Afinal, prefere tê-la consigo do que ficar sem ela o resto da sua vida.

     Honestamente não sei porque é que Deus permite que algumas pessoas sejam tomadas pela morte em tenra idade, enquanto outras têm de lutar com as enfermidades da velhice. Mas uma coisa eu sei: Deus ama-nos e sabe o que é melhor para nós, e mesmo apesar de nós não podermos ver o quadro inteiro, Ele vê-o. Talvez Deus permita que algumas pessoas vivam mais tempo, simplesmente para nos lembrar, aos restantes de nós, que um dia também podemos ser fracos e frágeis, e agora é a hora de vivermos para Deus.

     Faça tudo o que puder para encorajar a sua mãe. Seja uma boa ouvinte e ouça as suas queixas -, mas lembre-a também que Deus ainda a ama e está com ela, independentemente do que ela enfrenta. A promessa de Deus é verdadeira: "E até à velhice Eu serei o mesmo, e ainda até às cãs Eu vos trarei: Eu o fiz, e Eu vos levarei, e Eu vos trarei, e vos guardarei." (Isaías 46:4).

     Acima de tudo, lembre-lhe da esperança que temos do Céu por causa de Jesus Cristo. Pela Sua morte e ressurreição Ele venceu o pecado, a morte e o inferno, e quando colocamos a nossa fé e confiança n’Ele, sabemos que um dia vamos estar com Ele por toda a eternidade. Esta esperança vive em si?
- Billy Graham
 
Share |