Aos Pais dos meus Netos (30) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Aos pais dos meus netos


ANÁLISE DE FAMÍLIAS DA BÍBLIA

David (Continuação)

     Como continuação dos seus maus atos, Absalão procura ganhar a simpatia dos homens de Israel (veja II Samuel 15:6). Absalão planeia uma conspiração contra o rei; quando esta atinge o seu ponto culminante, ele manda trazer a Aitofel, o gilonita (v.12). "E era o conselho de Aitofel, que aconselhava naqueles dias, como se a palavra de Deus se consultara (II Samuel 16:23). Como era possível um tal atrevimento por parte de Absalão, de mandar trazer o conselheiro confidente de David? Também foi fruto de uma sementeira má. Parece-me que Aitofel era o avô de Bateseba; é fácil entender que ele nunca perdoara a David aquilo que ele fez à sua neta. (Compare II Samuel 11:3 e 23:34). Contudo, esse quadro lamentável e sombrio cede alternadamente o lugar a um quadro luminoso, quando, por exemplo, vemos a devoção de um Itaí, de Gate e de outros mais, velhos e novos, procedentes de Israel e também de outros povos, pois todos eram fiéis adeptos e súditos de um rei rejeitado, como o foi David.

     O quadro, como um todo, ou de um modo geral, fica cada vez mais tenebroso, até a ponto de encontrarmos o nobre rei David, martirizado pelo desgosto, chorando a morte do seu filho Absalão.

     É uma das cenas mais tristes, que Deus, na sua sabedoria, nos comunica na Sua Palavra. Não posso imaginar um grito mais triste do que o de David a respeito de Seu filho: "Meu filho Absalão! meu filho, meu filho Absalão! Quem me dera que eu morrera por ti, Absalão meu filho, meu filho!" Só pais podem entender as profundezas da aflição e da dor contidas nesses gritos.

     Quando da morte da criança, filha de Bateseba, Davi esteve bem diferente (2 Samuel 12). Naquela ocasião David pôde dizer: "Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim". Davi sabia muito bem que a separação entre ele e seu filho Absalão era de caráter eterno. Nada é tão triste, quanto morrer sem a esperança da vida eterna. A morte, o rei dos terrores, e depois disso o invariável juízo, cuja sentença é o castigo eterno! Que nenhum pai ou mãe tenha de sofrer a tortura de uma separação tão lacerante!

     Apesar de todos os acontecimentos lamentáveis que já temos visto na família de David, ainda resta mais: Quando Natã, o profeta, veio a David, depois de este ter cometido aquele terrível pecado, e de lhe ter contado a história do rico que tomou a única cordeira do seu vizinho pobre, David, na sua indignação, condenou o rico a ter de restituir o quadruplicado pela cordeira (Samuel 12:6). O profeta, naquela ocasião, respondeu a David: "Tu és este homem". Ora, Deus permitiu que a sentença que David pronunciou então contra o "vizinho rico" caísse agora sobre ele mesmo: até então aconteceu que três "cordeiros" já lhe tinham sido tomados (Amom, Absalão e a filha de Bateseba). Mais tarde, em I Reis 1 e 2 (principalmente 2:24,25), ficou registada a lamentável morte de Adonias.

     Com efeito, o "Homem rico" teve de restituir quadruplicado. Isso foi um fruto indizivelmente amargo, cuja sementeira iniciou-se quando o primeiro passo foi dado no caminho da desobediência à Palavra de Deus.

Que Deus nos guarde de caminhos próprios!

“AOS PAIS DOS MEUS NETOS”
Cartas de um avô aos pais dos seus netos
G. C. Willis

(Continua)

Aos Pais dos meus Netos (1)
Aos Pais dos meus Netos (2)
Aos Pais dos meus Netos (3)
Aos Pais dos meus Netos (4)
Aos Pais dos meus Netos (5)
Aos Pais dos meus Netos (6)
Aos Pais dos meus Netos (7)
Aos Pais dos meus Netos (8)
Aos Pais dos meus Netos (9)
Aos Pais dos meus Netos (10)
Aos Pais dos meus Netos (11) 
Aos Pais dos meus Netos (12)
Aos Pais dos meus Netos (13)
Aos Pais dos meus Netos (14)
Aos Pais dos meus Netos (15)
Aos Pais dos meus Netos (16)
Aos Pais dos meus Netos (17)
Aos Pais dos meus Netos (18)
Aos Pais dos meus Netos (19)
Aos Pais dos meus Netos (20)
Aos Pais dos meus Netos (21)
Aos Pais dos meus Netos (22)
Aos Pais dos meus Netos (23)
Aos Pais dos meus Netos (24)
Aos Pais dos meus Netos (25)
Aos Pais dos meus Netos (26)
Aos Pais dos meus Netos (27)
Aos Pais dos meus Netos (28)
Aos Pais dos meus Netos (29)
Aos Pais dos meus Netos (30)

 
Share |