Batismo na água - A fraqueza de um argumento aparentemente forte

CMO 29OUT17b

    Num debate recentemente efetuado no Facebook sobre o batismo na água, um ancião de uma igreja evangélica, justificou a prática deste rito hoje, dizendo textualmente:

     “Jesus mandou (ponto final) cumpra-se e obedeça-se ao mandado de Jesus”.

     Este argumento, usualmente usado pelos batistas hodiernos e aparentemente forte, reveste-se, vista bem a coisa, de enorme fraqueza.

     Porquê?

     Porque há muita coisa que Jesus também mandou, que os que batizam na água hoje não cumprem nem obedecem. Como é evidente, esse facto enfraquece o seu argumento aparentemente forte e torna-os infundados, inconsistentes, incoerentes e contraditórios.
 
     Se "Jesus mandou (ponto final)", porque razão os que batizam na água hoje não levam as suas ofertas aos altares de sacrifício (Mat. 5:23,24)? 
 
     Se "Jesus mandou (ponto final)", porque razão os que batizam na água hoje não dão a quem lhes pede, e se desviam de quem quer que lhe emprestem e, tornam a pedir aos que tomam o que é seu (Mateus 5:42; Lucas 6:30)?
 
     Se "Jesus mandou (ponto final)", porque razão os que batizam na água hoje ajuntam tesouros na terra (Mateus 6:19)?
 
     Se "Jesus mandou (ponto final)", porque razão os que batizam na água hoje vão pelo caminho das gentes, entram em cidade de samaritanos; e não vão APENAS às ovelhas perdidas da casa d’Israel; e indo, não dizem que o reino é chegado; e para provarem isso, não curam os enfermos, não limpam os leprosos, não ressuscitam os mortos, não expulsam os demónios; e não se caracterizam por não possuírem ouro, nem prata … (Mateus 10:5-11)?
 
     Se "Jesus mandou (ponto final)", porque razão os que batizam na água hoje não vendem o que têm (Lucas 12:33); e, vendendo, não deixam TUDO (Mateus 19:21-27), TODOS eles; e, não passam a ter TUDO em comum” (Atos 2:44) - TODAS AS COISAS … TODOS (Atos 4:32,34)?
 
     Se "Jesus mandou (ponto final)", porque razão os que batizam na água hoje não GUARDAM TODAS AS COISAS QUE JESUS ORDENOU (Mateus 28:19,20) e, para serem íntegros, não OBSERVAM E PRATICAM TUDO O QUE OS QUE ESTÃO NA CADEIRA DE MOISÉS ENSINAM – A LEI  (Mateus 23:2,3)?
 
     Para serem coerentes com o seu argumento, os que batizam na água hoje, deveriam cumprir e obedecer a TUDO o que Jesus mandou nos textos atrás citados e noutros, porém não é isso que se verifica.
 
     Porque não o fazem?
 
     Não o fazem porque o Senhor tornou impraticáveis esses mandamentos com a substituição da dispensação então vigente pela dispensação da graça de Deus dada posteriormente ao Apóstolo Paulo (Efésios 3:2).
 
     O artigo - As ÚLTIMAS palavras de Cristo – mostra como o Senhor voltou a falar da glória e mandou “DEIXAR", isto é, pôr de parte, renunciar, abandonar, não prosseguir, não continuar com, não fazer caso de, “os rudimentos da doutrina de Cristo … não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e de fé em Deus. E da doutrina dos BATISMOS, e da imposição das mãos, e da ressurreição dos mortos, e do juízo eterno”. 
 
     O apóstolo Paulo, a quem Deus deu a presente dispensação da graça de Deus (Efésios 3:2), disse com clareza qual a razão: 
 
     “Porque Cristo enviou-me, NÃO PARA BATIZAR, mas para evangelizar …” (1 Coríntios 1:17).
 
     O artigo - A ausência de sinais hoje não é por falta de fé – mostra como e porque hoje se tornou impossível cumprir e obedecer ao que Jesus mandou quando ainda estava na Terra.
 
     Tudo se torna claro quando se toma consciência que “daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo AGORA JÁ O NÃO CONHECEMOS DESTE MODO(2 Cor. 5:16).
- C.M.O.


 

Sermões e Estudos

Jose Carvalho 17JUN18
Até quando?

Sermão proferido por José Carvalho em 17 de junho de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:25 realizado em 13 de junho de 2018

Miguel David 10jun18
Saída do beco

Sermão proferido por Miguel B. e David G.em 10 de junho de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:24 realizado em 30 de maio de 2018

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    356 2975-192 QUINTA DO CONDE





     
    Hotel Íbis, Avenida Casal Ribeiro, 23
    1000-090 LISBOA
  • [email protected] 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário






     

    LISBOA
    Clique aqui para ver horário