• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira
A Igreja e a Grande Tribulação

Sermão proferido por Carlos M. Oliveira em 20 de agosto de 2017

Carlos Oliveira
Os dois "porquês" do Senhor

Sermão proferido por Rui Santos em 16 de agosto de 2017

Marcos Roque 13ago17
Uma questão de honra

Sermão proferido por Marcos Roque em 13 de agosto de 2017

Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:12,13, realizado em 09 de agosto de 2017

ver mais
 

A precisão e exactidão científica da Bíblia provadas

Ciência e Bíblia
 
     «Ó néscios e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram» - Luc. 24.25.

     A Bíblia é cientificamente exacta - é exacta em todos os assuntos abordados. O célebre ateu Bob Ingersoll propagou «os erros de Moisés», mas coitado, quão errado estava!
 

     Não sendo um compêndio científico a Bíblia é contudo autoridade absoluta em questões científicas sempre que estas são ali abordadas. O Criador da Bíblia é o Criador do mundo - onde está a estranheza? De facto a Bíblia é o único livro absolutamente científico - exacto - no mundo. Os outros livros ficam cedo desactualizados por serem inexactos. Os séculos passam, mas a Palavra de Deus permanece inalterável.

     Em Luc.24.25-27 o Senhor diz que é louco quem hesita em crer em toda a Bíblia. Todos hão-de crer, porém alguns com atraso, por erro do coração. Será louco se não crer agora. Então será tarde.

     Para ajudar os eventuais cépticos citaremos apenas 6 exemplos da exactidão científica absoluta da Bíblia. Só encontramos uma razão para alguém não crer na Bíblia - não a ter investigado honestamente, nem dado à própria Palavra de Deus uma oportunidade para ela provar a sua exactidão, a todo o que sinceramente almeja conhecer a verdade.

     1. «A vida da carne está no sangue» (Lev. 17.11).

     A Bíblia proporciona-nos a declaração mais precisa, clara e definida do uso do sangue no corpo humano - absolutamente científica. Os cientistas do nosso tempo não podem formar uma declaração melhor. Sabia que esta declaração foi feita há 3.500 anos, e os homens só descobriram a utilidade do sangue nos últimos 150 anos? Ler Gén. 9.4.

     A vida está no sangue!

     É o sangue que transporta todos os processos de vida do corpo.

     É o sangue que absorve o oxigénio do ar nos pulmões e o transporta pelo corpo todo.

     É o sangue que recolhe o dióxido de carbono e outros desperdícios e os despeja nos pulmões, que por sua vez se encarregam de expelir do corpo.

     É o sangue que recolhe os alimentos digeridos e os distribui pelas diferentes partes do corpo.

     É o sangue que produz o crescimento, constrói novas células, faz crescer os ossos e os tecidos (carne), armazena a gordura e constrói o cabelo e as unhas.

     É o sangue que alimenta e apoia todos os órgãos do corpo. Se a circulação do sangue não se fizer num braço, esse braço começará de imediato a morrer e a apodrecer. Se a circulação sanguínea não se fizer para o coiro cabeludo, a cabeça tornar-se-á calva.

     É o sangue que repara o corpo. É ele que une os ossos fracturados. É ele que cicatriza as feridas, faz crescer carne nova, nova pele e mesmo nervos novos.

     É o sangue que combate as doenças. Só há relativamente pouco tempo se sabe que os germes infecciosos são combatidos e destruídos pelos seus glóbulos brancos, sendo o pus duma ferida um conjunto destes glóbulos que foram mortos nesta batalha contra os inimigos do corpo. A vida da carne está no sangue!

     É o sangue que imuniza o corpo às doenças. Se uma doença ameaça seriamente o corpo por vezes a única solução é efectuar-se uma transfusão de sangue. A Bíblia é cientificamente precisa, como se vê, quando afirma que a vida está no sangue. Quem diria isso há 3500 anos?

     Por exemplo, George Washington, em 1799, há quase 200 anos morreu, porque o seu médico tirou-lhe sangue por três vezes - a última das quais mais dum quarto. Ele podia ter sobrevivido se tivesse tido o seu sangue. Os médicos então pensavam que a maioria das doenças se devia a ter demasiado sangue. Só em 1628 William Harvey descobriu que as artérias continham sangue e não ar, e ainda sem o poder provar.

     As teorias científicas podem ficar desactualizadas em 10 anos, mas a Palavra de Deus permanece para sempre. «A lei do Senhor é perfeita» Sal. 19.7. O leitor será louco se for tardio em crer.

     2. A Bíblia já dizia que a terra era redonda antes dos cientistas o terem descoberto.

     A própria Igreja Católica errou, no tempo de Galileu, talvez por dar sempre mais ouvidos à tradição do que à Bíblia. Quando Colombo disse que podia chegar à Índia indo pelo Ocidente disseram que estava louco. Só quando Fernão de Magalhães deu a volta ao mundo se passou a crer que a terra era redonda. Porém estes factos recentemente descobertos e cridos já eram anunciados na Bíblia há milhares de anos.

     Isaías 40.22: «Ele é o que está assentado sobre o globo da terra, cujos moradores são para Ele como gafanhotos, Ele é que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar».

     «O GLOBO DA TERRA (ou, CÍRCULO DA TERRA). Ou ainda, literalmente, a redondeza da terra.

     3. A Bíblia retrata há milénios a terra suspensa no espaço, muito, muito antes dos cientista terem tal descoberto.

     É verdade, não diz apenas que a terra é redonda, mas que está suspensa no espaço.

     Ler Job 26.7: «O norte estende sobre o vazio; suspende a terra sobre o nada». É verdade, Deus fala duma terra que roda sobre um eixo invisível através duma órbita intangível - está nas suas mãos. A terra não é um planalto liso assente num elefante ou tartaruga gigantes, como pensavam os cientistas antigamente. Não seja tardio em crer!

     4. A rotação da terra - uma bola no espaço - foi inferida pelo Senhor Jesus Cristo.

     Foi Ele que fez os mundos (Heb. 1.2; Col. 1.16). Ele, sim, é o verdadeiro Cientista. Ver Lucas 17.34-36: «Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado. Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada. Dois estarão no campo; um será tomado, o outro será deixado».

     Quando o Senhor vier parte da terra será noite (Ver. 34). Parte da terra será dia (Vers. 35,36). Não esqueçamos que a Sua vinda é como um relâmpago (Mat. 24.27). O Senhor sabia que quando vier, porque a terra é uma bola que roda, enquanto numa parte será dia , noutra será noite. Será louco se tardar em crer na exactidão da Bíblia.

     5. A Bíblia ensina que a terra é um entre muitos planetas e está inserida num de muitos sistemas solares.

     Hebreus 11.3: «Pela fé entendemos que OS MUNDOS pela Palavra de Deus foram criados». Há mais que um mundo. Nos dias de Paulo os cientistas pensavam que o mundo era uma mesa e os céus uma taça invertida. No entanto as Escrituras há muito que diziam que há vários mundos.

     6. A Bíblia revela a existência duma lei que bloqueia a teoria da evolução.

     Os evolucionistas têm sempre esbarrado com um problema: não conseguem fazer cruzamento com plantas ou animais que sejam de espécies diferentes. Os cientistas podem desenvolver cavalos tornando-os póneis, mas não em girafas ou hipopótamos. Os cães normalíssimos podem ser desenvolvidos tornando-se bulldogs, mas não em ovelhas ou suínos. E se os animais forem da mesma família, como o cavalo e o burro, o resultado híbrido não se reproduzirá. Desde os dias de Salomão que têm sido reproduzidos milhões de mulas, fruto do cruzamento de cavalos e burros, mas nunca uma mula teve mula por progenitor - pai ou mãe.

     Em vez do «elo que falta», o que os evolucionistas têm que enfrentar é o elo que nunca existiu. Há 3500 anos que a Bíblia diz em Gén. 1.11,12,21,24 e 25, que tudo foi criado «segundo a sua espécie». Os cientistas já vão aprendendo porque é que as coisas são assim. A estrutura celular é diferente nos diferentes animais e plantas. Os diferentes animais têm diferente número de cromossomas - características hereditárias. O sangue do homem e do gorila são tão diferentes que é impossível cruzá-los. Não falta elo nenhum. A realidade é que nunca houve. Pode haver variações nas espécies, mas não entre elas. Os evolucionistas nunca puderam provar a evolução duma espécie para outra. Ainda andam à procura do elo que não existe!

     A Bíblia é totalmente digna de crédito. As provas são esmagadoras. Estas são apenas uma pequena amostra. Note que ela também diz que é pecador e está perdido, não tendo possibilidade de escape a não ser reconhecendo que o Senhor Jesus veio ao mundo para receber o castigo que merecia. Se crer n'Ele será salvo. Não seja louco, continuando a não crer.

«Ó néscios e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram» - Luc. 24.25.

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).